Dicas para comprar cadeira de escritório

Móveis de escritórioSeja para o escritório propriamente dito ou para recepção, as cadeiras são um dos elementos mais importantes na hora de montar o ambiente de trabalho, isso porque é onde se passa a maior parte do tempo: sentado. E ao passar horas sentado a coluna recebe uma dose de esforço extra, diferente de quando esta de pé que o peso é distribuído pela coluna lombar, favorecendo o equilíbrio do corpo. Sendo assim, é fundamental a escolha de um bom produto preservando a saúde, o desempenho no trabalho e minimizando o estresse do corpo.

Móveis corporativos são projetados especialmente para o ambiente de trabalho, visando em todas as qualidades e funcionalidade necessária dos móveis e de uma boa condição de trabalho. Segundo pesquisa publicada na Galileu, passar muito tempo sentado pode gerar muitas complicações de saúde como, por exemplo, doença no rim, obesidade e síndrome metabólica entre outros. Por isso é de total importância ter os móveis corporativos de boa qualidade e de uma empresa que realmente confie.

Como deve ser a cadeira de escritório?

Para melhor qualidade do produto é preciso identificar se ele tem algumas características básicas e até avançadas, as quais são indispensáveis para um bom rendimento.

Apoio para os braços –  é importante oferecer apoio adequado para o peso dos braços. Cadeira de escritórios sem apoio ajustável para os braços são apropriadas para uso ocasional. Se o objetivo é adquirir um assento para uso constante, o ideal é optar por um produto com essa característica.

Apoio ou encosto –  é fundamental que a cadeira possua um encosto com tamanho e forma apropriada para apoiar o meio das costas e o fim da coluna. O encosto deve ser projetado para permitir que mantenha a coluna vertebral em uma posição natural ao longo do dia.

Assento –  o assento, encosto e apoio para braços precisam ser firme o suficiente para oferecer o apoio adequado, mas macio o suficiente para não pressionar o corpo. O ideal é que o estofado seja permeável para minimizar a acumulação de calor.

Inclinação do encosto – é recomendável que a inclinação do encosto permita a adoção de posturas variadas ao longo do dia. O ângulo entre as coxas e costas deve estar em torno de 95 a 105 graus para que o tronco não seja comprimido de maneira inadequada.

Suporte giratório – facilita pequenos deslocamentos e poupa as costas de constantes esforços para virar de um lado e de outro.

Altura do assento –  esse é um dos aspectos de design mais importantes a se avaliar. O ideal é que a cadeira possa ser ajustada a uma altura que permita colocar os pés inteiramente no chão sem comprimir a parte de trás das coxas. Isso estimulará a circulação sanguínea adequada.

Lembre-se, preservar a saúde dos seus funcionários, referente aos móveis corporativos, é de sua responsabilidade e ela precisa estar em primeiro lugar.