Dicas de móveis para escritórios para sala de reunião

Um escritório conta com alguns ambientes próprios, que precisam de atenção especial. A sala de reuniões, por exemplo, é uma delas. Geralmente é o local onde ocorrem importantes tomadas de decisão e conversas formais, com trocas de ideias e informações. É importante que os móveis desse ambiente sejam confortáveis e funcionais, pois normalmente exercem mais de um papel na sala. Além disso, geralmente recebe mais de duas pessoas, por isso precisa estar preparada para acomodar todos os participantes. É preciso apresentar um ar formal e profissional, assim como mesas de grande porte e cadeiras que transmitem comodidade.

Veja algumas dicas de opções interessantes para serem alocadas em uma sala de reunião, dando prioridade às suas necessidades:

  • Mesa de reunião oval: dependendo do seu tamanho, ela acomoda um número razoável de pessoas dentro da sala, sem deixar ninguém desconfortável ou em uma posição desfavorável durante a reunião. Modelos com uma base central permitem um maior número de cadeiras e aproveitamento do espaço, portanto, são uma boa opção. As redondas são boas para ambientes menores, já as em “formato de L”, ajudam na execução de diferentes tarefas, como usar o computador e mesmo assim ter um espaço livre para anotações;
  • Mesas em formatos retangulares: a exemplo das oferecidas pela série clássica da Prodis, oferecem sofisticação e conforto para as tomadas de decisão, além de bom gosto e sobriedade, ótima para um local que exija mais seriedade. Ela ainda conta com diversos modelos de mesa e móveis prontos para compor sua sala de reuniões;
  • Cadeiras ergométricas: os modelos corretos, com braço, assento e encosto reguláveis, são bons para otimizar os espaços disponíveis nas salas de reunião. Em locais mais simples, cadeiras fixas e que possuem encosto e assento estofado se adequam melhores a esses locais. Priorizar a comodidade para não deixar a reunião cansativa é muito importante para o bom andamento do evento, por isso é essencial seguir as regras de segurança, para evitar dores de coluna, de cabeça e até de visão;
  • Aposte em armários e estantes! Esses móveis são opções complementares e é preciso avaliar antes se elas cabem ou não para a sala em questão. Mas, são capazes de trazer muitos benefícios, desde o armazenamento de materiais e papéis ao apoio de eletrônicos usados durante a reunião, oferecendo multifuncionalidade, sem deixar o local muito cheio. Além disso, a organização é de extrema importância, aumentando a produtividade. Armários do chão ao teto, prateleiras e gaveteiros, ajudam a distribuir até mesmo os itens de acordo com cada setor da empresa.

Quais tipos de materiais comumente utilizados?

A madeira é uma opção muito utilizada de material para a fabricação desses móveis, em especial as mesas. Ela transmite sobriedade, confiança e estabilidade. Muito do que as próprias empresas querem mostrar para seus clientes. Aliada ao vidro, traz um resultado surpreendente, pois ele é um material frio, com um ar de contemporaneidade e leveza. Dessa “mistura” do bruto com o delicado, surge um contraste harmonioso.

Já a junção do vidro com o metal, cria um mobiliário mais impessoal, pois esse último está relacionado mais a ideia de tecnologia. Já o aço é para quem busca durabilidade e resistência. Sobre as cores a serem adotadas na sala de reunião: é preciso ponderar. Tanto a combinação de móveis, quanto a de objetos de decoração, assim como a escolha da paleta de cores deve ser completamente pensada de acordo com os clientes que aquele local vai receber e com a identidade do escritório. Laranja, por exemplo, é uma cor vibrante e alegre, que chama a atenção e estimula a criatividade, mas é preciso atenção com a quantidade, para não acabar cansando as pessoas no local. Já os tons mais sóbrios, como o marrom, são os mais recomendados, pois transmitem um ar calmo, estável e que afasta a insegurança. Vale a pena analisar todas essas questões antes de escolher seus móveis!