Como planejar espaços de escritórios?

Como planejar espaços de escritório? | Prodis
Ao planejar espaços de escritórios, diversos itens devem ser considerados visando aumentar o aproveitamento do ambiente e oferecer o máximo de conforto aos colaboradores, influenciando em questões como produtividade e satisfação. O planejamento deve ter início com a avaliação do espaço. Em muitos casos é indicado um projeto em 3D para verificar antecipadamente quais serão os resultados da reforma ou construção.

A empresa deve adequar um espaço para os funcionários e também reservar locais apropriados para equipamentos auxiliares, como arquivos, além de salas de reuniões e outros. O planejamento é imprescindível para um melhor aproveitamento do ambiente disponível.

O que deve ser considerado no planejamento?

O planejamento deve, desde o início, considerar os diversos ambientes necessários na empresa para aumentar a produtividade e usabilidade dos espaços existentes. Uma empresa, mesmo que de médio e pequeno porte, deve possuir:

  • Espaço de arquivamento;
  • Área de impressão e cópia;
  • Área de correspondências;
  • Área de alimentação;
  • Área de guarda-volumes;
  • Sala de espera;
  • Área de circulação;
  • Sala de reunião;
  • WC feminino e masculino.

Com tantos ambientes necessários na empresa para que ela desenvolva suas atividades com mais eficiência, o planejamento dos ambientes, assim como a disposição dos móveis para escritório, terá grande influência na produtividade do negócio. Todos esses elementos devem ser considerados já no início do planejamento e, caso a empresa não tenha necessidade de algum item, deve ser avaliada a exigência de algum outro componente que seja relacionado ao segmento de atuação.

Para a melhor distribuição e adequação dos móveis de escritório é preciso considerar o número de funcionários, atividades exercidas, comunicação entre colaboradores e o tipo de estação de trabalho utilizada.

O planejamento do escritório terá grande relação com as plataformas de trabalho escolhidas. Arquitetos indicam que sejam valorizados os espaços compartilhados que, utilizando estações de trabalho modernas, oferecerem maior comodidade aos funcionários e a ergonomia dos móveis irá influenciar diretamente na produtividade dos colaboradores.

Em empresas de pequeno e médio porte, investir em ambientes flexíveis também pode enriquecer o espaço corporativo. Salas de reuniões, por exemplo, podem ser destinadas para realização de treinamentos. Esse tipo de solução, entretanto, exige um planejamento antecipado dos móveis.

Como os móveis para escritório influenciam o planejamento?

A disposição dos ambientes (saiba mais sobre Feng Shui) está fundamentalmente atrelada aos móveis de escritório que serão escolhidos para compor os recintos. As estações de trabalho são influenciadas diretamente pelo estilo da empresa, o que faz com que devam ser escolhidas já no início do projeto. Salas individuais, por exemplo, exigem uma mesa para escritório e cadeira por cômodo, enquanto salas coletivas pedem por móveis corporativos compartilhados, com bancadas ou baias em U.

Portanto, antes de comprar os móveis corporativos da empresa, é preciso detalhar exatamente a finalidade de cada ambiente e, a partir daí, pensar nos móveis das salas a fim de aproveitar o espaço disponível da melhor forma.